Sindscope divulga nota contrária a evento previsto para acontecer no CPII

Posição foi aprovada em assembleia da categoria; evento é ligado a movimento que quer cercear liberdade de pensamento e criminalizar prática pedagógica nas escolas

Nota Pública

 

A Assembleia de Base do SINDSCOPE vem a público se manifestar contra a realização do evento “Educação: crimes contra menores e questões éticas e morais”, organizado pela Academia Brasileira de Filosofia, juntamente com associações de delegados de polícia e de juízes federais, previsto para ocorrer no Teatro Mario Lago, dentro do campus São Cristóvão do Colégio Pedro II. A partir da programação divulgada nas redes sociais, percebemos que sob título amplo se esconde a reacionária campanha do movimento “Escola sem partido” (ESP), cujo membro fundador estará presente em uma das mesas.

As educadoras e educadores do país, com particular ênfase no Colégio Pedro II, vêm sendo perseguidos e atacados por grupos vinculados ao movimento ESP com calúnias e difamações cujo objetivo é criminalizar e cercear a atuação de trabalhadoras e trabalhadores da educação e a educação democrática de forma mais geral.

Esse movimento está construído em torno de um projeto de lei, cujo conteúdo já foi considerado inconstitucional pelo STF e que vem sendo repudiado por instituições como ONU, Conselho Nacional dos Direitos Humanos e Ordem dos Advogados do Brasil.

O Colégio Pedro II foi transformado por eles em uma vitrine para promover a sua grotesca plataforma que induz estudantes a vigiar e denunciar como criminosos educadores por simplesmente abordar temas político-sociais em sua prática pedagógica, combatendo especialmente o debate sobre gênero e sexualidade no espaço escolar.

Portanto, consideramos que a realização de tal evento no espaço do Colégio Pedro II é uma afronta à concepção de educação inclusiva e democrática que buscamos construir no cotidiano dessa instituição educacional. Convidamos as demais entidades representativas dos segmentos da comunidade escolar a posicionarem-se publicamente contra a realização desse evento.

Sindscope – Sindicato dos Servidores do Colégio Pedro II